Marco Alves

26/06/2019
23:59
Porto
Tendinha dos Clérigos
Marco Alves

Na maioria das vezes que apresentamos as sessões de discos do Jorge Monteiro damos grande destaque aos inícios de noite que ele engendra. Aquela hora e meia inicial é mágica, mas as outras quatro horas e meia não lhes ficam a dever absolutamente nada.

O Jorge Monteiro tem partido tanto a loiça que estamos a ficar com sérios problemas de stock de porcelanas sonoro-emocionais. Está numa forma assustadora… deixem-se contagiar até as luzes da pista se acenderem às 06:00. E preparem-se também para um final de noite sempre pertinente e alinhado com o que se passa no mundo… isto de um gajo saber dizer o que pensa com discos não é para todos!

Share:

tendinhadosclerigos@gmail.com

Desenvolvido por Capta Design.